Sign in / Join
Header Banner

Canção do Xingu denuncia crime ambiental

A música e a poesia são instrumentos de luta, mostraram vários participantes do Encontro Nacional do MAM – Movimento pela Soberania Popular na Mineração, realizado no último final de semana em Parauapebas, no Pará.

Exemplo disso foi a arte do jovem Jonathan Ferreira da Costa, que abriu mão de fazer perguntas, discursos ou intervenções na plenária; em vez disso, soltou a voz acompanhado do brilho metálico do som de seu violão.

Denunciou a situação vivida em Barcarena, pensando, como ele diz na entrevista que você acompanha no vídeo acima, que essa pode ser uma forma de advertir o povo contra os problemas da mineração e ajudar a evitar novos acidentes.

 

Rodolfo Lucena

Leave a reply